Remédios Naturais

Tudo que você precisa saber para proteger seu cão contra vermes

Seja passado de mãe para filhote ou por conta de um alimento ou terreno infectado, os vermes são uma realidade bastante comum na vida dos cachorros. Mas a falta de tratamento adequado pode ser fatal para a vida dos nossos amiguinhos.

Para te ajudar a manter o seu pet protegido e saudável, fizemos um guia das principais causas, formas de prevenção e também os melhores tipos de vermífugo encontrados. Confira!

Quais são os principais tipos de vermes para cachorro?

Apesar dos inúmeros tipos de verme encontrados hoje em dia, alguns deles são mais comuns de aparecerem nos cachorros. Conheça abaixo:

Lombriga

O mais famoso entre os tipos de verme para cachorro, a lombriga costuma passar de mãe para filhote durante a fase gestacional. As larvas também podem ser passadas através do leite da mãe.

 

Se não tratadas, as larvas migram para os pulmões, podendo também crescer no intestino delgado no animal. Isso pode causar a obstrução intestinal e levar a óbito.

Verme Chicote

Esses parasitas são muito difíceis de serem detectados por colocarem poucos ovos, o que dificulta o seu tratamento.

Eles vivem na primeira seção do intestino grosso e podem resultar em perda de peso crônica do animal, alteração nas fezes e outras complicações. Raramente leva a óbito, porém, é um verdadeiro incômodo para o bichano.

Tênia

O verme tênia é causado quando o cachorro come algum outro animalzinho (como ratos) que esteja com pulgas. Ele pode ficar até com 10 cm dentro do intestino do animal e liberar segmentos pelas fezes (grudando no pêlo do animal).

Esses vermes não podem ser eliminados com vermífugo comum. É necessário levar seu pet ao veterinário para análise.

Ancilostomo

O ancilostomo pode ser passado também da mãe para filhote ou através do contato com fezes, solo ou leite materno contaminados.

 

Esses vermes ficam alocados na parede do intestino delgado, sugando o sangue dos tecidos, tornando os cachorros gravemente anêmicos e podendo levar ao óbito.
Pode aparecer também nos cães idosos, já que com o tempo eles ficam mais sensíveis às infecções e doenças.

Como posso previnir meu pet de ter vermes?

Existem algumas práticas que podem te ajudar a prevenir seu pet de contrair vermes. Entre eles:

  • Se seu cachorro faz as fezes dentro de casa, é necessário deixar o local sempre limpo;
  • Tome cuidado onde deixa seu cachorro ir brincar; terrenos abandonados, parques e outros espaços urbanos podem estar infestados com estes parasitas;
  • Use o vermífugo correto durante cada fase do seu cachorro, sempre com um acompanhamento veterinário;
  • Faça visitas periódicas ao veterinário.

 

Lembre-se que se seu cachorro fizer uso de alguma medicação controlada, não misture com o vermífugo sem o auxílio de um veterinário.

Quais são os melhores tipos de vermífugo?

 

Hoje em dia é possível encontrar uma variedade grande de vermífugos para cães no mercado. Os principais tem como princípio ativo elementos como Praziquantel, Febantel, Pamoato de Pirantel, Milbemicina e Ivervectina.

Não existe um melhor vermífugo para todos os tipos de parasitas. Existem aqueles que podem proteger e prevenir mais variedades de vermes do que outros. Porém, o ideal é que o veterinário sempre seja consultado antes de dar qualquer tipo de medicamento para o seu melhor amigo.

A Petz oferece diferentes tipos de vermífugo para deixar a saúde do seu cãozinho sempre em dia.